02/08/2001
Brasil 500 fica pronto em 2002

Rudi Gonçalves


O empreendimento, que hospeda centro empresarial e hotel,
apresenta, visto de cima, semelhanças com a bandeira brasileira.


Um dos projetos do arquiteto e diretor técnico da Moro Construções, Bruno de Franco, idéia nascida durante as comemorações dos cinco séculos do descobrimento do Brasil, será concretizado até o início do ano que vem, em janeiro, quando terão sido gastos, só com a obra civil, cerca de R$ 11 milhões. Trata-se do centro empresarial Brasil 500 que, do alto, faz lembrar o formato da bandeira brasileira.

O empreendimento localiza-se em frente ao shopping Curitiba, no centro da capital do Paraná e contará com um hotel administrado pela Bristol Hotelaria.


Foto: Divulgação/Moro

A obra no centro empresarial Brasil 500
Foto: Divulgação/Moro

Perspectiva do projeto
Segundo o arquiteto, a obra, com 28 andares, faz parte de uma coleção de cinco outros empreendimentos, que estão sendo executados e incorporados pela construtora e que foram iniciadas à época das comemorações. São eles a Torre Tom & Vinícius, o Solar Barroco, Solar Portinari, e o condomínio Santos Dumont, todos residenciais.

O centro empresarial está sendo construído num terreno de 2,5 mil m², que pertencia à associação dos funcionários da Caixa Econômica Federal (CEF). Ao todo, serão 22 mil m² de área construída, incluindo, futuramente no térreo, uma agência do banco, distribuída em 1,5 mil m². O estacionamento ficará em três pavimentos, no subsolo, e terá capacidade para 1.560 vagas.

Do primeiro ao nono andar estarão distribuídos os escritórios destinados a grandes empresas, com áreas de mil m², cada, afirma o arquiteto. No
10º pavimento, onde começam as dependências do hotel, haverá um centro de convenções, com capacidade para 250 pessoas, restaurante, piscinas, salas para fitness e lazer.

Nos andares seguintes (11º ao 26º), quando o prédio adquire uma forma cilíndrica, estão sendo construídos 128 apartamentos. Eles terão, de acordo com Bruno de Franco, em média áreas de 65 m², cada.
Matéria publicada no site Construbid News
Foto: Divulgação/Moro

R$ 11 milhões serão gastos

Mídia impressa - Rádio e TV
MAPFRE-VERA CRUZ
- ABBC

Internet

Lockwood - Takaoka - Moro Construções - Cecrisa